COMO NASCEU

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Sistema Biodanza foi desenvolvido pelo antropólogo chileno Rolando Toro, na década de 60, época em que ele era docente das disciplinas de Psicopatologia da Arte, Psicologia da Expressão e Criatividade, no Instituto de Estética da Pontifícia Universidade Católica de Santiago, e membro docente do Centro de Antropologia Médica da Escola de Medicina da Universidade do Chile. 

Toro desenvolvia um trabalho de pesquisa com esquizofrênicos que tinham perdido muitas de suas referências de vida, e resolveu testar um método de tratamento não convencional – a danca. Era o ano de 1964.

“Eles estavam tão deprimidos que decidi fazê-los dançar um pouco. A resposta foi surpreendente, muito mais rápida e efetiva do que qualquer outra linha terapêutica”, conta o antropólogo, que a partir daí fundamentou seu método em bases teóricas.

Ele conseguiu desenvolver um sistema que aborda os vários aspectos da vida humana, com a proposta de resgatar a sabedoria contida no nosso potencial genético, facilitando o crescimento afetivo e criativo, de forma natural e progressiva.  Segundo Toro, as potencialidades genéticas se expressam por meio das estruturas orgânicas e das funções vitais. Os estudos revelam que há uma relação entre a expressão das potencialidades genéticas e as principais aspirações humanas. Utilizando-se de um método fenomenológico, podem-se condensar essas aspirações em cinco grandes grupos, sendo que cada um deles remonta a uma forma de expressão desses potenciais, definidos como:

Vitalidade: saúde, ímpeto vital, alegria de viver. Função: manter a homeostase. Instinto: sobrevivência.

Sexualidade: prazer, reprodução, desejo, vínculo sexual. Função: perpetuação da espécie, despertar o desejo e buscar o prazer. Instinto: sexual.

Criatividade: inovação, construção, imaginação, ousadia. Função: adaptação e integração. Instinto: exploratório, impulso para inovar.

Afetividade: amor, amizade, altruísmo, solidariedade, empatia. Função:estimular e desenvolver a cooperação e a solidariedade Instinto: gregário.

Transcendência: conexão com a natureza, sentimento de pertencer ao universo. Função: busca de harmonia. Instinto: fusão e dissolução.

“A Biodanza foi se espalhando e se provando boa para todos, especialmente para os enfermos da civilização, pessoas com problemas familiares, dificuldade de contato com o próximo, de comunicação, e que precisam resgatar sua expressão criativa e genuína”. A música é excelente para isso, porque não passa pelo mental, vai direto para o “emocional”, afirma Rolando.

Foi o próprio criador da  Biodanza que trouxe o sistema ao Brasil, na década de 70. Atualmente existem grupos regulares e escolas de formação em praticamente todo o país. A Biodanza também está nas Américas, Europa,  África e  Japão.

Comentários estão fechados